Permanecer Firmes

LAWRENCE E. CORBRIDGE

Setenta Autoridade Geral

Discurso proferido em Jan, 22, 2019

Como parte de uma designação que tive como Autoridade Geral há alguns anos, precisei ler uma grande quantidade de material antagônico de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, do Profeta Joseph Smith, do Livro de Mórmon e dos eventos da Restauração. Não pode haver nada  fora dessa  natureza que eu não tenha lido. Desde que a designação mudou, eu não voltei a nadar naquela lama novamente.

 

A leitura desse material sempre me deixava com um sentimento de tristeza, e um dia essa percepção de escuridão me inspirou a escrever uma resposta parcial a todas essas afirmações antagônicas. Eu gostaria de compartilhar com vocês alguns dos pensamentos que obtive naquele dia e, embora o que eu escrevi tenha sido para meu benefício, espero que isso ajude você também.

 

Eu queria dar um discurso diferente hoje. Escrevi outros discursos mais divertidos, com mais histórias - mais interessantes do que esse -, mas cada vez que escrevia um novo discurso, eu era direcionado de volta para esse.

Você Permanecerá Firme Para Sempre? 

O profeta Daniel disse que nos últimos dias

 

o Deus dos céus estabelecerá um reino que não será jamais destruído; e esse reino não será deixado a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo estará estabelecido para sempre.1

 

O reino de Deus é a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Ela "estará estabelecida para sempre.”

 

A questão é: você e eu ficaremos firmes? Você permanecerá firme para sempre, ou você vai partir? E se você for, para onde você irá?

 

Decepção É um Sinal do Nosso Tempo

 

Quando o Senhor descreveu os sinais de Sua vinda e do fim do mundo, quando Ele descreveu nossos dias, Ele mencionou muitas coisas, incluindo guerras e rumores de guerras, nações levantando-se contra nações, fomes, pestes, terremotos e muitos outros sinais. incluindo este:

 

Porque nesses dias surgirão também falsos Cristos, e falsos profetas; e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível, enganarão até os eleitos, que são os eleitos de acordo com o convênio.2

 

Não tenho certeza de tudo o que está implícito na qualificação "se possível, eles enganarão os eleitos", mas acho que significa, pelo menos, que todos serão desafiados em nossos dias.

 

Paulo disse: “Porque agora vemos por espelho, em enigma”.3 Da mesma forma, uma das características mais proeminentes da visão da árvore da vida é uma “uma névoa de escuridão tão densa que os que haviam iniciado o caminho se extraviaram dele e, sem rumo, perderam-se.”

 

O Grande Fantasma do Engano

 

Há muitos que desapontam e o fantasma do engano é grande. De um lado, encontramos aqueles que atacam a Restauração, o Profeta Joseph Smith e o Livro de Mórmon. Em seguida, vemos aqueles que acreditam na Restauração, mas afirmam que a Igreja é deficiente e se desviou. Há outros que também afirmam acreditar na Restauração, mas estão desiludidos com a doutrina que entra em conflito com as atitudes inconstantes de nossos dias. Há alguns que, sem autoridade, reivindicam visões, sonhos e visitas para endireitar o barco, guiam-nos a um caminho mais elevado ou preparam a Igreja para o fim do mundo. Outros são enganados por espíritos falsos.

 

No outro extremo do fantasma, chegamos a um universo inteiro de distrações. Nunca houve mais informação, falta de informação e desinformação; mais mercadorias, instrumentos e jogos; e mais opções, lugares para ir e coisas para ver e fazer para ocupar tempo e atenção para longe do que é mais importante. E tudo isso e muito mais é disseminado instantaneamente em todo o mundo pela mídia eletrônica. Este é um dia de engano.

 

Conhecimento

 

A verdade nos permite enxergar com clareza, porque é o “conhecimento das coisas como são, como foram e como serão.”5 O conhecimento é crucial para evitar o engano, discernir entre a verdade e o erro, e para ver claramente e traçar um curso através dos perigos do nosso dia.

 

O Profeta Joseph Smith disse: 

 

O conhecimento é necessário para a vida e a divindade... . Conhecimento é revelação. Ouçam, todos vocês, irmãos, este grande conceito-chave: O conhecimento é o poder de Deus para a salvação.6

 

As pessoas dizem: "Você deve ser fiel às suas crenças". Embora isso seja verdade, você não pode ser melhor do que conhece. A maioria de nós agimos com base em nossas crenças, especialmente no que acreditamos ser em nosso interesse próprio. O problema é que às vezes estamos errados.

 

Alguém pode acreditar em Deus e que a pornografia está errada e ainda assim clicar em um site, erroneamente acreditando que ele será mais feliz se fizer isso, ou que, se não puder controlar seus desejos e clicar, não machucaria mais ninguém e que não é tão ruim assim. Ele está errado.

 

Alguém pode acreditar que é errado mentir e ainda assim, mentir de vez em quando, erroneamente acreditando que ele ficará melhor se a verdade não for conhecida. Ele está errado.

 

Alguém pode acreditar e até mesmo saber que Jesus é o Cristo e ainda negá-Lo não uma vez, mas três vezes por causa da crença equivocada de que seria melhor apaziguar a multidão. Pedro não era mau. Eu nem tenho certeza se ele foi fraco. Ele apenas estava errado.

 

Quando você age mal, você pode pensar que você é ruim, quando na verdade você está geralmente enganado. Você apenas está errado. O desafio não é tanto fechar a lacuna entre nossas ações e nossas crenças; antes, o desafio é fechar a lacuna entre nossas crenças e a verdade. Este é o desafio.

 

Então, como fechamos essa lacuna? Como evitamos o engano?

Perguntas Primárias e Perguntas Secundárias

 

Comece respondendo às perguntas primárias. Existem questões primárias e existem questões secundárias. Responda as perguntas primárias primeiro. Nem todas as questões são iguais e nem todas as verdades são iguais. As questões primárias são as mais importantes. Todo o resto é subordinado. Existem apenas algumas questões primárias. Eu mencionarei quatro delas.

 

1. Existe um Deus que é nosso Pai?

 

2. Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Salvador do mundo?

 

3. Joseph Smith foi um profeta?

 

4. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o reino de Deus na terra?

 

Por outro lado, as questões secundárias são intermináveis. Elas incluem perguntas sobre a história da Igreja, poligamia, pessoas de ascendência africana e o sacerdócio, mulheres e o sacerdócio, como o Livro de Mórmon foi traduzido, a Pérola de Grande Valor, o DNA e o Livro de Mórmon, casamento gay, os diferentes relatos da Primeira Visão, e assim por diante.

 

Se você responder as perguntas primárias, as perguntas secundárias também serão respondidas, ou elas terão um perderão o significado e você poderá lidar com as coisas que entende e com as coisas que não entende, com o que concorda e com as coisas que não concorda.

Diferentes Maneiras de Aprender

 

Como podemos saber as respostas? Existem diferentes métodos de aprendizagem, incluindo métodos científicos, analíticos, acadêmicos e divinos. O método divino de aprender incorpora elementos dos outros três, mas em última análise supera todo o resto, explorando os poderes do céu. Todos os quatro métodos são necessários para conhecer a verdade. Todos começam da mesma maneira: com uma pergunta. As perguntas são importantes, especialmente as questões primárias.

O Método Científico

 

Com o método científico, uma hipótese é enquadrada em resposta a uma questão. A experimentação é então conduzida para testar a hipótese. Os resultados são então analisados ​​e são tiradas conclusões que confirmam, refutam ou modificam a hipótese - nesse caso, o processo continua. Alma nos convidou a “experimentar [suas] palavras”.7 O Senhor disse:

 

A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou.

 

Se alguém quiser fazer a vontade dele, conhecerá a respeito da doutrina, se ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo.8

 

Em relação ao dízimo, o Senhor também disse: “Provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal, até que não haja mais lugar para a recolherdes.”9

 

A verdade pode ser descoberta na ação, que é fé. A vivência desempenha um papel vital em conhecer a verdade.

O Método Analítico

 

O método analítico também é importante. Envolve reunir, organizar e pesar evidências relevantes para uma questão. Baseadas no peso da evidência, são tiradas conclusões sobre o que a verdade pode ser. O Senhor instruiu Oliver Cowdery, dizendo:

 

Eis que não compreendeste; supuseste que eu o concederia a ti, quando nada fizeste a não ser pedir-me.

 

Mas eis que eu te digo que deves estudá-lo bem em tua mente; depois me deves perguntar se está certo e, se estiver certo, farei arder dentro de ti o teu peito; portanto, sentirás que está certo.10

 

Evidência e razão também desempenham um papel em nos preparar para conhecer a verdade.

O Método Acadêmico 

 

O método acadêmico envolve, naturalmente, o estudo da palavra escrita. Estudo também é essencial. Mórmon disse que a palavra de Deus tem um “efeito mais poderoso sobre a mente do povo [como pensamos] do que a espada [que pode ser o medo ou ameaça de morte], ou qualquer outra coisa.”11 A palavra de Deus é mais poderosa que qualquer coisa. É mais poderosa que medo, vício, pornografia ou qualquer pecado. Portanto, é sensato dizer que o Senhor diria: “entesourai sempre em vossa mente as palavras de vida”.12 Ele também disse: “E o que entesourar minha palavra, não será enganado”.13

 

O Método Divino

 

O método divino de aprendizado incorpora os elementos das outras metodologias, mas, em última instância, supera todo o resto, explorando os poderes do céu. Em última análise, as coisas de Deus são tornadas conhecidas pelo Espírito de Deus, que geralmente é uma voz mansa e delicada. O Senhor disse: “Deus vos dará conhecimento por seu Espírito Santo, sim, pelo indescritível dom do Espírito Santo”.14

 

O apóstolo Paulo ensinou que os homens só conhecem as coisas dos homens e que as coisas de Deus não são conhecidas por homem algum senão pelo Espírito de Deus.15 Ele disse: “Mas o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura”.  Nós vemos isso todos os dias. Paulo continuou: “Não pode entendê-las, porquanto se discernem espiritualmente.”16

 

De todos os problemas que você encontra nesta vida, há um que se eleva acima de todos e é o menos compreendido. A pior de todas as condições humanas nesta vida não é a pobreza, a doença, a solidão, o abuso ou a guerra - por mais terríveis que sejam essas condições. A pior das condições humanas é a mais comum: morrer. É morrer espiritualmente. É  ser separado da presença de Deus, e nesta vida, Sua presença é o Seu Espírito ou poder. Isso é o pior.

 

Por outro lado, a melhor de todas as condições humanas nesta vida não é riqueza, fama, prestígio, boa saúde, as honras dos homens, segurança ou mesmo - ouso dizer - boas notas. Por mais maravilhosas que algumas dessas coisas sejam, a melhor das condições humanas é ser dotada do poder celestial; é nascer de novo, ter o dom e a companhia do Espírito Santo, que é a fonte de conhecimento, revelação, força, clareza, amor, alegria, paz, esperança, confiança, fé e quase todas as outras coisas boas. Jesus disse: “Aquele Consolador, o Espírito Santo,. . . vos ensinará todas as coisas.” É o poder pelo qual“ podemos saber  a verdade de todas as coisas”. “Mostrará. . . a [nós] todas as coisas. . . Que [nós] devemos fazer.” É a fonte da“ água viva ”que brota para a vida eterna.

 

Embora a voz do Espírito seja normalmente uma voz mansa e delicada, ela é sempre segura, sutil, edificante e sustentadora - tanto que o Senhor disse:

 

E se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo nem no vindouro.21

 

Pague o preço que você tiver que pagar, carregue o peso que tiver que suportar e faça o sacrifício que tiver que fazer para obter e manter em sua vida o Espírito e o poder do Espírito Santo. Cada coisa boa depende de obter e manter o poder do Espírito Santo em sua vida. Tudo depende disso.

“O que não Edifica”

 

Então, qual foi a tristeza que senti há vários anos ao ler material antagônico? Alguns diriam que a tristeza é o produto da predisposição da crença, que é a propensão para escolher apenas as coisas que estão de acordo com nossas suposições e crenças. O pensamento de que tudo em que alguém acreditou e foi ensinado pode estar errado, particularmente com nada melhor para tomar seu lugar, é um pensamento sombrio e perturbador. Mas a melancolia que experimentei enquanto escutava o coro escuro de vozes levantadas contra o Profeta Joseph Smith e a Restauração da Igreja de Jesus Cristo - a melancolia no fundo do peito, que veio enquanto eu andava através do pântano das questões secundárias - é diferente. Essa tristeza não é preconceito de crença e não é o medo de estar em erro. É a ausência do Espírito de Deus. É o que é. É a condição do homem quando “deixado para si”. 22 É a escuridão das trevas e o “estupor do pensamento”.

 

O Senhor disse:

 

E aquilo que não edifica não é de Deus são trevas.

 

Aquilo que é de Deus é luz; e aquele que recebe luz e persevera em Deus recebe mais luz; e essa luz se torna mais e mais brilhante até o dia perfeito.

 

A revelação do Espírito de Deus substitui o preconceito de crença, porque não se baseia apenas em evidências. Passei a vida toda buscando ouvir a palavra do Senhor e aprendendo a reconhecer e seguir o Espírito de Deus, e o espírito associado às vozes sombrias que assaltam o Profeta Joseph Smith, o Livro de Mórmon e a Restauração não é o espírito de luz, inteligência e verdade. O Espírito de Deus não estão nessas vozes. Eu não sei muito, mas eu conheço a voz do Senhor, e a voz dele não está naquele coro escuro, nem um pouco naquele coro.

 

Em total contraste com a tristeza e o estupor doentio de pensamento que permeia o pântano da dúvida está o espírito da luz, inteligência, paz e verdade que atende aos eventos e à gloriosa doutrina da Restauração, especialmente as escrituras reveladas ao mundo através do Profeta Joseph Smith. Apenas leia-os e pergunte a si mesmo e pergunte a Deus se eles são palavras de mentira, engano, ilusão ou verdade.

 

Você Não Pode Aprender a Verdade Por Eliminação

 

Há alguns que temem que a Igreja possa não ser verdadeira e que gastem seu tempo e atenção se arrastando no pântano das questões secundárias. Eles erroneamente tentam aprender a verdade pelo processo de eliminação, tentando eliminar todas as dúvidas. Isso é sempre uma má ideia. Isso nunca vai funcionar. Essa abordagem só funciona no jogo de pistas.

 

A vida, no entanto, não é tão simples. Há reivindicações e opiniões ilimitadas contra a verdade. Cada vez que você rastreia uma resposta a qualquer afirmação antagônica e olha para cima, haverá outra te encarando. Não estou dizendo que você deve colocar sua cabeça na areia, mas estou dizendo que você pode passar uma vida inteira procurando desesperadamente a resposta para todas as alegações feitas contra a Igreja e nunca chegar a um conhecimento das verdades mais importantes.

 

As respostas para as questões primárias não vêm respondendo às questões secundárias. Existem respostas para as questões secundárias, mas você não pode provar um positivo ao rejeitar todas as negativas. Você não pode provar que a Igreja é verdadeira ao rejeitar todas as alegações feitas contra ela. Isso nunca vai funcionar. É uma estratégia falha. Em última análise, tem que haver uma prova afirmativa, e com as coisas de Deus, a prova afirmativa finalmente e certamente vem por revelação através do espírito e poder do Espírito Santo.

 

Aos seus discípulos, Jesus perguntou:

 

E vós, quem dizeis vós que eu sou?

 

E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

 

E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus.

 

. . . Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja; e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

 

A Igreja de Jesus Cristo está fundamentada na rocha da revelação, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Nós somos a igreja. Você e eu somos a Igreja. Devemos nos basear na rocha da revelação e, embora possamos não saber a resposta para todas as questões, precisamos conhecer as respostas às questões primárias. E se o fizermos, as portas do inferno não prevalecerão contra nós e permaneceremos firmes para sempre.

 

Creia. “Para Deus todas as coisas são Possíveis”

 

Finalmente, acredite. Creia. “Para Deus todas as coisas são possíveis” .26 Todos nós podemos ser levados de tempos em tempos pelo extraordinário - como andar sobre a água, multiplicar pão e peixe, ressuscitar os mortos, traduzir placas de ouro com lentes especiais ou uma pedra e chapéu e a visitação de anjos. Algumas pessoas têm dificuldade em acreditar em coisas extraordinárias. Embora seja compreensível que possamos ser desafiados pelo extraordinário, não deveríamos estar, porque as coisas comuns são, na verdade, muito mais fenomenais.

 

As ocorrências mais fenomenais de todos os tempos e eternidades - as mais surpreendentes maravilhas, os mais espantosos e impressionantes desenvolvimentos - são as mais comuns e amplamente reconhecidas. Eles incluem: eu sou; tu és; nós somos; e tudo o que percebemos também existe, desde as partículas subatômicas até os confins mais distantes do cosmos e tudo o mais, incluindo todas as maravilhas da vida. Existe algo maior que essas realidades comuns? Não. Nada mais chega perto. Você não pode começar a imaginar, muito menos descrever, algo maior do que já é.

 

À luz do que é, nada mais deveria nos surpreender. Deve ser fácil acreditar que, com Deus, todas as coisas são possíveis.

 

A cura da mão mirrada não é tão surpreendente quanto a existência da mão em primeiro lugar. Se existir, segue-se que certamente pode ser corrigido quando é quebrado. O evento maior não está em sua cura, mas em sua criação.

 

Mais fenomenal que a ressurreição é o nascimento. A maior maravilha não é que a vida, uma vez existida, possa vir novamente, mas que alguma vez exista.

 

Mais incrível do que ressuscitar os mortos é que nós vivemos. Um coração silencioso que bate de novo não é tão surpreendente quanto o coração que bate dentro do seu peito agora.

 

Aquele podia ver em uma pedra ou através de uma lente especial que a tradução moderna de textos antigos escritos em placas de ouro é muito menos surpreendente que o olho humano. A maravilha não é o que o olho humano pode ver, mas que vê qualquer coisa em primeiro lugar.

 

Como você pode acreditar em coisas extraordinárias como anjos e placas de ouro e seu potencial divino? Fácil, olhe em volta e acredite.

 

Eu não sei se os porcos jamais irão brotar asas e voar, mas se o fizerem, porcos voadores nunca serão tão surpreendentes quanto o porco comum em primeiro lugar.

Dúvidas e Questões

 

Eu ouvi alguém dizer recentemente: "Não há problema em ter dúvidas".

 

Eu pondero sobre isso. O Senhor disse: “Buscai-me em cada pensamento; não duvideis, não temais.. ” Tenho muitas perguntas; Eu não tenho dúvidas.

 

Conclusão

 

Existe um Deus no céu que é o nosso Pai Eterno. Eu sei disso pela minha experiência - toda a minha experiência. Eu sei disso pela evidência, e a evidência é surpreendente. Sei disso pelo estudo e, com toda a certeza, conheço pelo espírito e poder do Espírito Santo.

 

Jesus Cristo é o Filho de Deus, o Redentor do mundo. Eu sei disso pela minha experiência - tudo isso. Eu sei disso pela evidência, e a evidência é surpreendente. Sei disso pelo estudo e, com toda a certeza, conheço pelo espírito e poder do Espírito Santo.

 

Joseph Smith foi um profeta de Deus que estabeleceu os alicerces para a restauração do reino de Deus. Eu sei disso pela minha experiência - toda a minha experiência. Eu sei disso pela evidência, e a evidência é surpreendente. Sei disso pelo estudo e, com toda a certeza, conheço pelo espírito e poder do Espírito Santo.

 

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o reino de Deus na terra. Eu sei disso pela minha experiência - tudo isso. Eu sei disso pela evidência, e a evidência é surpreendente. Eu o conheço pelo estudo e, com toda certeza, conheço pelo Espírito e pelo poder do Espírito Santo.

 

E com isso eu sei tudo o que preciso saber para permanecer firme, sempre.

 

Que possamos permanecer firmes na rocha da revelação, particularmente em relação às questões primárias. Se fizermos isso, permaneceremos firmes para sempre e nunca partiremos. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Notes
 

1. Daniel 2:44.

2. JS—Matthew 1:22; see also Matthew 24:24.

3. 1 Corinthians 13:12.

4. 1 Nephi 8:23.

5. D&C 93:24.

6. Joseph Smith, Nauvoo, Illinois, in “Discourse, 21 May 1843, as Reported by Martha Jane Knowlton Coray,” Notebook, 40, Joseph Smith Papers Project, josephsmithpapers.org/paper-summary/discourse-21-may-1843-as-reported-by-martha-jane-knowlton-coray/5; emphasis added.

7. Alma 32:27.

8. John 7:16–17.

9. Malachi 3:10.

10. D&C 9:7–8.

11. Alma 31:5.

12. D&C 84:85.

13. JS—Matthew 1:37.

14. D&C 121:26.

15. See 1 Corinthians 2:9–11; see also JST, 1 Corinthians 2:11.

16. 1 Corinthians 2:14.

17. John 14:26.

18. Moroni 10:5.

19. 2 Nephi 32:5.

20. John 7:38; see also verse 37.

21. Matthew 12:32.

22. D&C 121:38.

23. D&C 9:9; see also verse 8.

24. D&C 50:23–24.

25. Matthew 16:15–18; see also verses 13–14.

26. Matthew 19:26; see also Luke 1:37.

27. D&C 6:36.

Lawrence Corbridge

Lawrence E. Corbridge, Autoridade Geral dos Setenta de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, proferiu este devocional em 22 de janeiro de 2019.

Izamara Siquiera
Izamara Siquiera